Tomilho



Nome popular

Timo e Tomilho.


Nome científico

Thymus vulgaris L.

Família

Labiatae.


Descrição macroscópica

Planta de até 30 cm de altura, com haste lenhosa, na base, e herbácea, na ponta. Ramos eretos, aveludados, e de cor branco-acinzentada. Folhas eréteis, sésseis, verde-acinzentadas e pontilhadas, na face superior. Flores rosáceas ou brancas.


Composição química

Óleos essenciais (os fenóis, principalmente o timol, constituem 25 a 70% destes óleos). Outros componentes incluem carvacrol, canfeno, sabineno, beta-Pineno, 1,8-cineol, linalol, borneol, geraniol, geranil acetato, sesquiterpino e álcool.


Partes utilizadas

Folhas e sumidades floridas.


Uso terapêutico

- Antisséptico, antitussígeno e expectorante (devido à presença de timol e outros fenóis que possuem tais propriedades);

- Antifúngico tópico e sistêmico (observado em estudos em animais);

- Cultura popular: agente antiflatulento, antifúngico, anti-helmíntico, diaforético e digestivo. Suas propriedades antissépticas são exploradas em dentifrícios, colutórios e restaurações dentárias;

- Outros usos empíricos incluem tratamento da dispepsia, histeria, dismenorreia e cefaleia.


Formas farmacêutica

Extrato, pomada (timol de 1 a 2%), infusão e óleo essencial.


Uso popular

- Infusão: 1,5 a 2 gramas da erva seca, para 1 xícara (chá) de água. Tomar uma xícara, 2 a 3 vezes ao dia;

- Extrato fluido: 1 a 6 mL;

- Pomada (de 1 a 2%): aplicada topicamente, para pele pruriginosa, quando necessário;

- Xarope para tosse: uma colher (chá), a cada 2 horas, quando necessário;

- Óleo essencial: 5 a 10 gotas, em 1 xícara de água. Tomar 2 a 3 vezes ao dia.


Toxicidade

- Pode causar bradicardia, cefaleia, dermatite, diarreia, fraqueza muscular, náuseas, queilite, glossite (com o uso de pasta de dente), respiração lenta, tonteira e vômitos;

- Há registro de reações alérgicas sistêmicas, quando o tomilho foi utilizado como agente aromatizante;

- O tomilho está contraindicado para pacientes com história de gastrite e distúrbios intestinais e pacientes com enterocolite ou insuficiência cardíaca, bem como durante a gravidez.


Considerações especiais

- Existem poucas informações que indiquem o uso do tomilho para qualquer condição clínica.